Voluntário Não Profissional

Voluntário não profissional

No Brasil o trabalho voluntário foi regulamentado em 1996, pela lei 9608/98 que define como,

Atividade não remunerada prestada por pessoa física, entidade pública de qualquer natureza, ou a instituição privada de fins não lucrativos, que tenha objetivos cívicos, culturais, educacionais, científicos, recreativos ou de assistência social ou de assistência à pessoa.”

O Voluntário não profissional no Hospital Universitário Regional de Maringá iniciou suas atividades no ano de 1994 a partir da articulação com Serviço Social, ou seja, no exercício da garantia dos direitos de liberdade de consciência e crença garantidas na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988:

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

VI - e inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e as suas liturgias;

Surgiram então, outras atividades com perspectivas de cidadania com expressões na arte, cultura, no apoio a captação de recursos para instituição, na participação em grupo gestor de controle social/Conselho local de Saúde, grupo de trabalho de humanização, desta forma o trabalho voluntário consolidou-se como atividade no cotidiano hospitalar a partir da implantação da Política Nacional de Humanização (PNH-2003) pactuada pelo Hospital Universitário Regional de Maringá com Ministério da Saúde.

No cotidiano, a ocupação desse espaço sócio assistencial no ambiente hospitalar ,se concretiza através da participação da comunidade, sujeitos/usuários, trabalhadores e gestores no processo de produção de saúde, acontece diariamente, com um planejamento pautado na intersecção entre Ensino/Pesquisa/Assistência, normas e rotinas de biossegurança.O objetivo é contribuir para a humanização dos espaços onde os sujeitos em processo de tratamento e/ou na condição de acompanhante, ou seja, crianças, adolescentes,adultos se encontram fragilizados pela condição do adoecimento.

Abaixo destacamos as atividades e equipes que compõem os 340 voluntários do HUM:

Associação dos Amigos do Hospital Universitário Regional de Maringá,Capelania Hospitalar Ecumênica ( Adulto e Infanto Juvenil),Contação de Histórias: Educação em Saúde no Ambulatório Geral de Especialidades,Coral Vozes que Curam ,Projeto Abraço Quentinho,Projeto Amigos da Graça,Projeto Anjos da Alegria,Projeto Anjos da Noite,Projeto Café Solidário,Projeto Corredor de Leitura/Clube de Leitura,Projeto Criando Laços,Projeto Instituto História Viva,Projeto Médicos da Graça e Projeto Tenda.


Para se tornar voluntário no HUM é necessário que os interessados sigam algumas etapas. Um passo a passo explicativo foi desenvolvido para detalhar cada etapa e tirar todas as dúvidas. Confira:

· 1º passo

Você deve ter mais de 18 anos e no mínimo 1 hora disponível uma vez por semana

· 2º passo

Preencher Ficha de Inscrição e anexar os documentos solicitados:

Cópia: Identidade,Comprovante de residência,carteira de vacinação ,CPF

02 foto 3x4

· 3º passo

Na ficha você também informará em qual das equipes gostaria de colaborar.

· 4º passo

Você informará também o dia da semana (segunda à sexta-feira/ finais de semana) e o período do dia (manhã ou tarde) que tem disponibilidade para trabalhar.

· 5º passo

As fichas de inscrições selecionadas , serão encaminhadas para o Treinamento.

· 6º passo

Você passará por treinamentos para entender como são o funcionamento do Hospital, as normas e do trabalho voluntário realizado no Hospital.

· 7º passo

Após a conclusão do treinamento, você será oficialmente um voluntário no HUM.

· Dúvidas?

Ligue para Assessoria de Ensino,Pesquisa e Extensão : 3011-9172-De segunda à sexta feira das 8h00 às 12h00 e das 13h30 às 17h00

FORMULÁRIO VOLUNTARIO NÃO PROFISSIONAL